Touring Italia–Terracina–Ischia

Posted: Junho 14, 2011 in Europa

Continuamos mais para sul, traçamos caminho para Puzzuoli para irmos de ferry para a ilha de Ischia.

image

Como estavamos num Domingo, o trânsito estava todo na rua. Milhares de motas, sobretudo scooters, andam a passear na mesma estrada que percorremos. O pedaço de estrada até Gaeta foi muito giro, sempre junto ao mar com vista para as praias e as falésias. Gaeta tinha aspecto de ter umas praias engraçadas, mas não havia tempo para grandes paragens porque queriamos apanhar o ferry das 13.30, o seguinte só seria ao fim do dia.

SANY0008-1

Depois teria tido potencial para ser um tédio até puzzuoli, não fossem os italianos sempre a deixar-me de boca aberta com a condução sem-regras.

SANY0023-1

Foi em movimento mas dá para perceber a normalidade da condução italiana que é às dezenas. Depois existem ainda os casos de excessos… que são realmente piores.

SANY0028

Nesta zona vi aumentar o negócio de venda mozarella de Búfala, em todo o lado se vê um negócio de “verdadeira mozzarella”. Mais à frente finalmente vi que existiam mesmo búfalos. Digo isto porque nunca tinha visto búfalos nesta zona, e já começava a desconfiar. Smile

SANY0026

Passado uma hora chegamos ao porto de Puzzuoli, o dia está quente e eu todo de preto… depois de encontrar as bilheteiras e comprar os bilhetes só nos resta esperar 1 hora pelo embarque. Vamos dar uma volta para comer qualque coisa e vemos um bar que tinha montes de motas à porta e pessoal à porta, e dissemos “vamos até ali beber qualquer coisa” Quando chego à porta parece-me uma espécie de fast-food, pousamos os casacos e capacetes à porta num banco de rua, e eu vou lá dentro com a carteira na mão já com toda a vontade de comer um hamburguer ou uma sandes. De repente, lá dentro, olho para umas dez televisões que passavam desde corridas até jogos de futebol… e a bancada de atendimento era ligeiramente diferente do que estava à espera. De repente fez-se luz… pois isto dizia “Better” à porta, mas não é porque a comida seja melhor, é porque é uma casa de apostas.

SANY0035

Ao chegar ao embarque aproximo-me de um dos funcionários da empresa e pergunto-lhe qual era a fila para Ischia. Ele pergunta-me de onde vimos, “Portugal”, e oiço “de onde?” mesmo em português. É italiano mas tinha trabalhado no algarve algum tempo. Trocámos uns minutos de conversa sobre a ilha com um misto de línguas e ele termina empregando com um sotaque perfeito “f0$4-53 cum c4r4lh#!!!”   rimo-nos imenso e mandou-nos para o ínicio da fila para sermos os primeiros a embarcar.

IMG_7475IMG_7488

A viagem dura cerca de 2 horas, e temos tempo para descansar os pés e aproveitar o vento marítimo a bater na cara e olhar para as gaivotas que acompanham o navio.

IMG_7520IMG_7511

À medida que nos vamos aproximando da ilha, dá para ver a cor verde que predomina aqui. É uma ilha com propriedades vulcânicas e acaba por ter bastante humidade e favorece o crescimento de muita vegetação. Assim que saímos do barco entramos noutro tipo de itália, com outro tipo de influências, clima e pessoas. A estradas são montanhosas, subidas íngremes, descidas inclinadas com curvas apertadas mas rapidamente chegamos ao hotel.

SANY0039

Depois de a custo estacionar a mota numa ladeira inclinada, vieram-nos buscar as bagagens à mota… Passamos pela piscina, entramos na recepção e depois de deixar os documentos, levam-nos ao quarto, assim que entro penso “epah que pinta, isto é diferente do habitual” e assim que nos acendem a luz fico logo com aquela expressão na cara de “tá qualquer coisa errada”.

Não é que alguma coisa estivesse mal, mas não era possível que aquilo que eu tinha reservado fosse isto. O quarto tem talvez uns 50 m2 , uma cama 2mx2m com um plasma de 50” aos pés, dois duches grandes, um wc bem grande, e uma sala de estar com mobiliário nobre e um piano. Penso que terá sido o piano que me fez pensar “isto não custa o que estou a pensar”. E depois lá fui até à recepção, onde verificaram que havia um erro da parte deles,mas que podiamos continuar naquele quarto ao preço do “quarto duplo económico”. Ficamos portanto na Royal Suite cá do sítio.

SANY0051

IMG_7532

IMG_7527

Depois de um mergulho na piscina para refrescar as ideias, decidimos tentar ir jantar na vila. Curiosamente não é fácil estacionar uma mota grande por aqui e depois de umas quantas voltas ficamos ao pé de uma praia, a praia dos pescadores. Era a noite de Santo António, tanto em Lisboa como aqui! Portanto há festarola! A igreja estava a abarrotar de gente, e durante haveria arraial. Ficámos na zona para comer qualquer coisa na festa enquanto ouvimos os melhores êxitos do Elvis.

SANY0072

SANY0096

IMG_7754IMG_7756

Dia seguinte: é 13 de Junho e vamos ficamos aqui o dia todo, partiremos amanhã. De manhã arrumamos a sacola e vamos dar uma volta pela ilha. Primeiro destino, subir o Monte epomeo, antigo vulcão da ilha. Segue-se uma subida de estrada de montanha sempre em 2ª e em 3ª com imensas curvas em gancho e com trânsito nos dois sentidos. Chegamos até à aldeia mais próxima e viramos para o acesso ao monte, mais uns quilómetros de estrada interior até chegar ao ponto máximo acessível de mota. Estrada íngreme e transpiro mais um bocadinho para deixar a mota estacionada num sítio em que não deslize. O aviso na estrada diz que falta 1,5 km para o topo, mas são sempre a subir. No início da subida há a hipótese de comprar uma subida sentado num burro. Open-mouthed smile

IMG_7575

A natureza aqui já é mais densa, e de vez em quando aparecem uns lagartos para espreitar o que se passa.

IMG_7577

Passados 20 minutos estavamos no topo. Cheio de nuvens não conseguimos ter a vista que é esperada, num dia bom consegue-se ver a baía de Nápoles, as ilhas ao redor e a própria ilha.

IMG_7578IMG_7583IMG_7621IMG_7619

Durante a subida fomos sempre encontrando grupos de turistas que também queriam ir ao topo. Já no topo ficámos uns minutos com um grupo de Austríacos, já mais velhos, que estava a brindar algo do interior de uma garrafa pessoal. Depois de nos pedirem para lhes tirar uma foto lá trocámos informações, eles vinham de Innsbruck e um deles ainda com a garrafa na mão diz “Schnaps?” e eu digo “Ia !”  e servem-nos dois shots e dizem algo do estilo “bota-abaixo”. Era Schnaps caseira de um deles, e sabia mesmo muito bem. Separámo-nos aí e nós viemos descendo. Do cimo avistámos uma praia que parecia ter bom aspecto por isso fomos até lá.

IMG_7621

IMG_7660

Chego à mota, sento-me, viro a chave, ignição e …. nada. Talvez tivesse sido do ângulo de inclinação, tinha bateria, simplesmente não respondia ao botão de ignição. Já que estava numa estrada inclinada, transpirei mais um bocadinho para por a mota virada para a descida, sentei-me com a primeira engrenada, embraiagem a fundo, deixei-me descer uns 15 metros até ganhar velocidade, largei a mão esquerda e “vroooom”. Não voltou a acontecer e espero que não volte. Smile Filmei um vídeozinho com o resto da descida, depois faço uma compilação.

Encontrámos a praia, deu para um mergulho, e continuámos caminho, sempre ao longo do mar.

IMG_7662

Encontrei uma vila  muito gira onde estacionámos para procurar algo pra comer. Depois de dar umas voltas encontrei uma mercearia que para além dos produtos habituais, tinha uma grande variedade de produtos tipicos da região. O dono fez-nos duas sandes de mozarella com presunto e uma mistura de tomates cortados com ervas que valeram para o resto do dia (grandes…).

IMG_7695

IMG_7699

IMG_7704

IMG_7722

Depois foi só continuar até à vila principal, que se chama igualmente Ischia.

IMG_7748

IMG_7749

IMG_7752

IMG_7741

IMG_7728

Demos umas voltas pela vila, umas fotos aqui e ali e fechámos o dia com uns mergulhos no mar.

IMG_7758

Amanhã partimos cedo. Arriverdeci Ischia.

Anúncios
Comentários
  1. Pedro Esteves diz:

    Tás um verdadeiro contador de histórias, muito bem.
    Boa viagem

  2. Liliana Pedro diz:

    Tem de existir sempre um Português ou semi Português Ahahahah

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s